PREFEITOS DO MARANHÃO ADEREM PARALIZAÇÃO NACIONAL

Dezenas de prefeitos do Maranhão, estiveram na tarde desta terça-feira (22), no auditório da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), numa audiência de discussão sobre as consecutivas quedas dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Segundo a FAMEM, mais de 30% dos municípios maranhenses não recebem o FPM, o que gera o atraso do pagamento de salários dos servidores públicos e serviços da saúde, dentre vários outros atrasos por conta da falta do FPM.

“Em 2022 até esse período, apenas 88 municípios não haviam recebido emendas parlamentares individuais. Enquanto que, nesse mesmo período em 2023, mais de 2.800 municípios ainda não receberam o repasse das emendas parlamentares, agravando ainda mais a crise dos municípios brasileiros”, disse Ivo Rezende, presidente da Famem.

No encontro, foi definido a adesão dos municípios do Estado ao movimento nacional de paralisação dos municípios, que acontecerá dia 30. Até o momento apenas o estado de Sergipe ainda não confirmou sua adesão ao movimento, que acontece em todo Nordeste.

Deixe uma resposta